Carta Diocesana de apoio ao Grito dos Excluídos e Excluídas 2023

                   De quê eu tenho fome?… de quê eu tenho sede?…

O Grito dos Excluídos e Excluídas em 2023 vem reafirmar o valor da vida em primeiro lugar, na sua vigésima nona edição, colocando-nos uma questão vital: “Você tem fome e sede de quê?”

A nossa Diocese em comunhão com a toda a Igreja, defensora inquestionável da vida, vem destacar a importância da denúncia do descaso e maus tratos sofridos por tantos irmãos.

Integrada e presente no mundo, a Igreja sofre junto das pessoas vítimas extremas da violência, abusos e mentiras. Pessoas bombardeadas por falsas expressões e autodenominações, forjadas nas práticas de Jesus Cristo, subjugando e condenando pessoas sem o direito de defesa.

A falta de acessibilidade física e midiática. O acesso precário à saúde física e psicológica. A condensação de bens e lucros nas mãos de poucos, contribuindo com a fome e desnutrição de uma maioria.

A educação, sempre limitada de recursos, mortificando o conhecimento e criando falsos direcionamentos aos nossos jovens, que na penumbra das esquinas dissolvem e matam vidas para se estabelecer.

O Meio ambiente sacrificado em nome do Progresso de alguns eleitos, “donos da terra”, reclamados pela natureza nas catástrofes que assombram os barrancos e na lama que assoreia nossos rios.

A propagação do preconceito em todas as instâncias, sem compreensão dos valores culturais expressos em cada etnia. O feminismo e o machismo extremo, colaboradores de tantos casos de violência e feminicídios nos lares. A defesa sem escrúpulo do aborto, mascarada como forma de amparo e defesa da Mulher.

Os abusos sexuais de mulheres, crianças, jovens e adolescentes que por falta de cuidado e amparo, muitas vezes evoluem discriminadamente para prostituição e futuros abusadores.

Não podemos nos calar. É vital a necessidade de expressarmos nossa voz autêntica de Cristãos, contra essas conturbações, que minam a esperança e mancham de sangue a continuidade e propagação do reino de Deus no meio de nós.

                   É hora de nos unirmos e gritarmos por aqueles que não têm voz.

                   E você?  Tem fome e sede de quê a partir de agora?

 

Pela Coordenação Diocesana de Pastoral

 

 (www.gritodosexcluidos.com)

 

Materiais para divulgação do Grito/2023: 

 por Ascom Diocesana              

Agenda Diocesana

Nenhum evento encontrado!