Grupos de Novena de Natal se espalham por toda Diocese

A Diocese de Sete Lagoas está mais uma vez empenhada em trabalhar na preparação deste Tempo do Advento, buscando estimular a formação de grupos para os encontros de oração da Novena de Natal.  A novena de Natal deste ano de 2023 tem uma proposta diocesana, com publicação própria, preparada pelo padre Juliano Ribeiro (Paróquia Nossa Senhora da Abadia/ Martinho Campos) e sua equipe.

Os nove encontros tem como base o tema: Vamos a Belém, a Casa do Pão e lema: “O Senhor alimentou o seu povo com a flor do trigo.” (Sl 80,17). A temática dos roteiros está relacionada também à Campanha da Fraternidade, que tratou sobre a grave questão da fome, que fere a dignidade de tantas pessoas em nosso país. Tal situação pede o nosso comprometimento e solidariedade de cristãos.

Segundo dom Francisco Cota, “é importante que esta preparação para o Natal aconteça nas famílias, nas comunidades de fé e nos demais ambientes e espaços da vida social. O presépio, criado por São Francisco de Assis há 800 anos para retratar a cena do Nascimento de Jesus, na simplicidade e na pobreza, permanece atual, como um rico elemento da catequese natalina. Proponho que o presépio seja montado nas casas, nas igrejas, nos ambientes de trabalho e em espaços públicos”. O bispo diocesano ainda ressaltou que “o principal meio de preparação para o Natal se dá pela Liturgia, com a participação nas celebrações do Tempo Litúrgico do Advento. Também é recomendado que se inclua nesta preparação o Sacramento da Confissão”, concluiu.

A formação de grupos para a Novena de Natal é uma tradição em nossa diocese, que une as famílias, os colegas de trabalho, vizinhos, amigos, os grupos de oração nas paróquias e comunidades eclesiais, entre tantos outros lugares, para refletir sobre o profundo significado do Natal.

A novidade deste ano ficou por conta do direcionamento do gesto concreto. Foi sugerido cada grupo de novena elabore um cofre, utilizando material reciclável, tais como: caixa de leite, garrafa descartável, papelão ou outro material que seja possível fazer a montagem. Também podem ser utilizados cofres prontos que os grupos ou as comunidades já façam o uso.

Ao longo da novena, as doações recolhidas serão destinadas à Cáritas Diocesana e, ao final do 9º dia, a Diocese disponibilizou o QR CODE, como forma de destinar as contribuições. Todo recurso arrecadado será aplicado em projetos socioassistenciais atendidos pela Cáritas.

Participe!

por Ascom Diocesana

 

Agenda Diocesana

Nenhum evento encontrado!